Taquaral está na moda

Reportagem publicada no jornal O Repórter — de 20 a 26 de agosto de 2013

Teve início na sexta-feira em Taquaral, cidade a 80 quilômetros de Goiânia, o Lingerie Fashion Week, e se encerrou no domingo. Prosperidade é uma palavra muito comum na cidade, isso graças ao polo de confecção de roupas íntimas que se criou no município. Tudo começou há 16 anos, quando um laticínio instalado na cidade fechou. Além do fim empregos oferecidos, os produtores de leite ficaram sem a quem vender sua produção. Isso fez com que os taquaralenses buscassem outra alternativa econômica, e aí se deu início à atividade de confecção em Taquaral.

A cidade hoje possui 150 confecções e exporta para várias cidades do País e até para alguns países europeus, como Portugal, Bélgica, Espanha. Gera mais de 1 mil empregos diretos e movimenta anualmente cerca de R$ 25 milhões. Desemprego é algo desconhecido na cidade; na verdade o que falta é mão-de-obra.
O evento contou com a participação de 28 expositores, sendo 23 da cidade e os demais de Goiânia, Jaraguá, São Paulo e Paraná.

Wilder é homenageado por confeccionistas

Senador Wilder, que é de Taquaral, teve a sua carreira contada em vídeo, inclusive por professora do primário

Na abertura do evento, a Única, entidade que representa os confeccionistas de Taquaral, Itauçu, Itaquari, Itaguaru, Santa Rosa e Itaberaí, realizou homenagem ao senador Wilder Morais, que nasceu e viveu na cidade até os 16 anos e depois foi, sozinho, para Goiânia estudar. Na solenidade de início da exposição de lingerie, foi exibido um vídeo produzido pela associação dos confeccionistas com depoimentos de pessoas que falaram sobre carreira do senador. Wilder, que vem do setor da construção civil, presta ajuda à cidade muito antes de entrar para a vida pública. Dona Auristela, professora do senador no primário, foi uma das pessoas que fizeram relatos sobre o parlamentar.