Exemplo próprio

postado em: Notícias | 16

[dropcap2]O[/dropcap2] senador Wilder Morais, em sua primeira votação em plenário, terça-feira, votou favorável à proposta que destina 50% das vagas em universidades para alunos da rede pública. O texto estabelece que o percentual será dividido entre negros, pardos e índios, de acordo com o resultado do Censo do IBGE em cada Estado. Wilder observa que o voto vai ao encontro de sua própria história, já que ele foi beneficiário do Crédito Educativo quando estudava em Goiânia. “É um avanço, porque infelizmente não existem vagas em universidades públicas para todos os estudantes carentes do País. Um filtro social era necessário, agora, é preciso criar critérios que levem em consideração o mérito de cada aluno”, avalia o novo senador goiano. 

(Fonte: O Hoje/coluna Xeque-Mate, 9/8/2012)

16 Responses

    • Wilder

      Miriam, cotas, já que não existe investimento maciço em educação pública (que é o ideal), são uma solução circunstancial. Enquanto o ideal não vira realidade, faz-se necessário uma saída para a ausência de estudantes pobres nas universidades públicas.

  1. Marlene

    Parabens Senador, que o senhor JESUS, possa te iluminar, te dar a sabedoria do trono, para que suas conquistas sejam agradáveis. Pois se agradar a DEUS, a palavra dele diz no salmo 2,8 (pede-me, e eu te darei até as nações por herança e as extremidades da terra por tua possessão).

  2. Renato Sobrinho

    Wilder…Parabéns pela iniciativa…Eu tal como você, sai de Taquaral ainda adolescente com muitos sonhos na cabeça e me lancei em busca de realizá-los, e em Goiânia, vi que não bastava somente sonhos e sim apoio…Então da mesma forma me beneficiei do apoio com o financiamento dos meus estudos… Ótima iniciativa e que novos valores, inclusive da nossa terra, tenham condições de sonhar e realizar seus valorosos sonhos! Conte sempre com meu apoio…