Prefeitos de Rio Verde e Goiatuba se filiam ao PP

Reportagem publicada pelo jornal Diário da Manhã — 16 de setembro de 2015

 Senador Wilder, o prefeito Fernando Vasconcelos (Goiatuba) e o vice-governador José Eliton
Senador Wilder, o prefeito Fernando Vasconcelos (Goiatuba) e o vice-governador José Eliton

Os prefeitos Juraci Martins e Fernando Vasconcelos, respectivamente chefes do executivo de Rio Verde e Goiatuba, se filiaram nesta segunda-feira, 14, ao Partido Progressista. Isso durante a solenidade da também filiação do senador Wilder Morais, ex-democrata, que foi o protagonista da festa, marcada pela presença de quase duas mil pessoas. Entre estas estavam o governador Marconi Perillo e seu vice, José Éliton, o presidente nacional do PP – senador Ciro Nogueira, cinco senadores, o ministro da Integração Nacional, Gilberto Ochhi, cinco deputados federais, dez deputados estudais, mais de 150 prefeitos, centenas de vereadores entre outros. Quem também se tornou membro do PP é o vice-prefeito de Indiara, Rubens Telésforo.

Em seu discurso, Wilder salientou que não se juntou à nova sigla por desavença com algum membro do DEM (no caso específico os senadores José Agripino e Ronaldo Caiado). Ele apontou que o fez por buscar um cenário político mais possível à viabilização do seu projeto de reeleição e pelo fato de o PP ser um partido da base do governador Marconi, cuja gestão foi elogiada pelo parlamentar, que destacou que o estágio de desenvolvimento por que passa o Estado de Goiás é fruto do trabalho arrojado do governador, e que ele teve a “honra de fazer parte da equipe do governador Marconi como secretário de Infraestrutura por quase dois anos”.

Falando pelos prefeitos presentes, Juraci (ex-PSD), que pela manhã do mesmo dia tomou café com o senador Wilder na casa deste acompanhado do deputado Lissauer Vieira (PSD) para terminar de fechar a sua entrada no PP, ressaltou que a chegada de Wilder à sigla é algo bom para o partido. O prefeito, que já foi progressista, se disse à vontade em voltar às origens. E mais: “Com Wilder no comando, vamos crescer muito”.

O deputado estadual Lisssauer Vieira (PSD), senador Wilder e o prefeito de Rio Verde, Juraci Martins
O deputado estadual Lisssauer Vieira (PSD), senador Wilder e o prefeito de Rio Verde, Juraci Martins

O prefeito de Goiatuba, Fernando Vasconcelos, também enalteceu a ida de Wilder para o PP. “Me ingresso no partido por acreditar que o senador Wilder Morais será de grande importância para somar na promoção de mais desenvolvimento de Goiás”, disse. Antes de consolidar seu posicionamento de mudança de sigla, Vasconcelos esteve em jantar na casa do senador na sexta-feira acompanhado da primeira-dama Andreia de Mores, no qual havia várias autoridades: o vice-governador José Éliton e a esposa – Fabrine Figueiredo, os deputados estaduais Lincoln Tejota, Cirlene Guimarães, Tales Barreto, Valcenôr Braz, a secretária de Estado da Cidadania – deputada Leda Borges, os prefeitos Luiz Antônio (São Francisco de Goiás), o ex-prefeito de Acreúna Eurípdes Pankão. Vasconcelos trouxe de Goiatuba uma comitiva de quase 200 pessoas para o ato de sua filiação de a de Wilder.

Há outros prefeitos em processo de vinda para o PP, como é, por exemplo o caso do prefeito de Taquaral de Goiás, Willis Morais (irmão de Wilder), mas que primeiro têm de desfiliar do partido no qual estão. Wilder espera um volume bom de filiações ao PP nos próximos dias.

Em julho, o vice-governador José Eliton abonou as filiações ao PP dos prefeito Paulinho do Lino (DEM), de Faina; Joaquim Miranda (ex-PT), de Teresina de Goiás; e Geraldo Vasconcelos (PSD), de Turvânia.