União de Wilder, Iris e Baldy retoma obras do BRT

postado em: Notícias | 0

Uma das principais obras públicas de Goiás, a construção do BRT (Bus Rapit Transit), será retomada após o prefeito Iris Rezende, o ministro das Cidades Alexandre Baldy e o senador Wilder Morais entrarem em campo para tornar o pesadelo em sonho.

Após a crise da Prefeitura de Goiânia durante o final de mandato do prefeito Paulo Garcia, em 2016, e a falta de recursos federais diante do déficit orçamentário, ocorreu um preocupante hiato da obra.

O fato provocou revolta na população.

O Transporte Rápido por Ônibus é um sistema de transporte coletivo de passageiros cuja finalidade é proporcionar mobilidade urbana rápida.

 

A infraestrutura segregada com prioridade de ultrapassagem permite ao cidadão se deslocar de forma mais rápida.

Após a pressão de Wilder, Baldy e Iris, o presidente Michel Temer anunciou ontem o investimento de R$ 192,6 milhões para a retomada das obras que estavam paralisadas.

Ele agradeceu ao empenho de Wilder e Daniel Vilela, que procuraram alternativas dentro do governo para retomar a linha de crédito.

Conforme o Governo Federal, o novo trecho terá 17 quilômetros e ligará a capital goiana de norte a sul.

REUNIÃO

Baldy falou durante o evento e agradeceu ao Governo Federal pelas obras, já que atendeu seu estado de origem.

O ministro das cidades diz que as articulações foram realizadas pelo senador Wilder Morais e deputado federal Daniel Vilela.

Baldy lembrou que Wilder participou, no dia 27 de novembro, da primeira reunião com Iris Rezende, no Paço Municipal, em busca de tratativas para dar início às obras.

A partir daquele encontro, os parlamentares se empenharam junto ao Governo Federal e conseguiram destravar as obras.

O BRT está dentre as obras mais importantes de Goiás, com a possibilidade de atender um milhão de pessoas por semana.