Goiânia, cidade do meu sonho

postado em: Artigos | 2

[dropcap2]A[/dropcap2]lém de ser a cidade onde moro (e com muito orgulho), Goiânia possui uma significação muito especial para mim. Foi aqui que construí o sonho que idealizei quando ainda era adolescente em Taquaral de Goiás, cidade onde nasci e da qual também muito me orgulho, mesmo com as muitas privações materiais enfrentadas por minha família nessa época. Essas privações, no entanto, foram menores que a harmonia familiar que reinava entre nós.

Meu sonho de ser engenheiro civil surgiu na época em que eu, ainda rapazinho, trabalhava na lida da roça. Aquela vida de empregado em afazeres do campo não era o que queria para mim. O que eu desejava para mim Taquaral, infelizmente, não tinha a me oferecer. Diante disso, as circunstâncias me obrigaram a mudar da cidade. É aí que entra Goiânia em minha vida, onde já estou há 27 anos. Aqui fiz o segundo grau e me formei na PUC-Goiás, antiga Universidade Católica de Goiás.

Conteúdo

Parabéns, Goiânia

postado em: Notícias | 8

[dropcap2]A[/dropcap2]lém de ser cidade em que moro (e com muito orgulho), Goiânia possui uma significação muito especial para mim. Foi aqui que construí o sonho que idealizei quando ainda era adolescente em Taquaral de Goiás, cidade onde nasci e da qual muito gosto.

Falando em sonho, vale lembrar que Goiânia, que hoje chega aos seus 79 anos, é fruto do sonho e da determinação do visionário Pedro Ludovico Teixeira.

Wilder condiciona emendas a obras de maior importância social

postado em: Notícias | 11
Os senadores goianos Wilder Morais e Lúcia Vânia, ao meio o senador Pedro Taques 

O senador Wilder Morais, cuja tônica de sua atividade parlamentar será voltada para infraestrutura e municipalismo, conforme divulgou tão logo  assumiu o Senado, já deu início à distribuição de emendas individuais. Até o momento sete municípios foram definidos para receber recursos no próximo ano: Morrinhos, Santo Antônio de Goiás, Firminópolis, Aurilândia, Três Ranchos, Cachoeira de Goiás e Matrinchã.

Para escolha dos respectivos municípios, o senador procurou saber para que tipo de obra a emenda seria destinada, isso porque ele definiu prioridade às obras de maior alcance social. Como tem sido comum os recursos de milhares de emendas não serem aproveitados por falta de qualificação técnica dos agentes públicos na elaboração de bons projetos, isso relacionado aos 5.565 municípios brasileiros, o parlamentar montou uma equipe técnica com o propósito de que esta acompanhe a situação documental das prefeituras e verifique a capacidade gerencial dos prefeitos que procurarem seu gabinete em busca de recursos.

“A profissionalização do corpo técnico das prefeituras é algo de grande necessidade para que os gestores públicos possam arcar com os custos da administração e mais que isso promover ações e construções de obras de grande relevância social”, salienta Wilder. Segundo o parlamentar, “dos 5.565 municípios, apenas 800 são auto-suficentes em atividades agrícolas, industriais ou comerciais, os demais, em sua grande maioria, dependem de verbas do Fundo de Participação dos Municípios, e por isso saem em busca de recursos nos ministérios, o que só se viabiliza se houver apresentação de bons projetos”.  Conteúdo

Caldas Novas busca recursos em BSB

postado em: Notícias | 1

[dropcap2]C[/dropcap2]iente da orientação municipalista do senador Wilder Morais, o prefeito eleito de Caldas Novas, Evandro Magal, esteve ontem no gabinete do parlamentar em Brasília onde foi buscar recursos a fim de viabilizar um grande parque ambiental, isso via emenda ao orçamento. O respectivo parque, segundo Magal, “vai fortalecer ainda mais o potencial turístico do município”. O senador se mostrou sensível ao pleito e as outros que forem necessários à cidade: “Caldas Novas representa muito na economia do Estado, possui uma infraestrutura hoteleira eficaz e apresenta um dos maiores destinos turísticos do Brasil”.

(Coluna Café da Manhã — Jornal Diário da Manhã)

Semana Nacional de Trânsito

postado em: Notícias | 1
Wilder Morais com o presidente do seu partido, DEM, senador Agripino Maia, em conversa política no Plenário

[dropcap2]I[/dropcap2]ndo para o Senado ontem, 25, o senador Wilder Morais pediu a seu motorista que parasse o carro no acostamento. Isso quando passavam por Anápolis. Um grupo de pessoas vestidas de super-heróis carregando cartazes chamou sua atenção. Elas participavam de uma campanha de conscientização aos motoristas, motivada pela Semana de Trânsito, cujo encerramento aconteceu ontem, tendo o excesso de velocidade como tema.

Um jovem vestido de super-herói se aproximou do carro, trazendo numa das mãos uma placa que dizia: “Você não é de aço. Respeite os limites de velocidade”. Wilder parabenizou o jovem, que disse que sua ação era voluntária: “É muito louvável esse trabalho de conscientização que vocês estão realizando de modo voluntário na Semana de Trânsito; o excesso de velocidade tem vitimado fatalmente milhares de pessoas, sem se falar naquelas que escapam da morte, mas não conseguem fugir das sequelas, muitas bem graves”.

O parlamentar também observou que, “além da promoção de campanhas educativas, faz-se necessário que o poder público ofereça vias seguramente transitáveis aos motoristas.”

Primeira relatoria

postado em: Notícias | 0

[dropcap2]O[/dropcap2] senador Wilder Morais, membro da Comissão de Serviços de Infraestrutura, fez sua primeira relatoria anteontem. Coube a ele relatar o projeto de lei de autoria do senador Cyro Miranda que estende também às motocicletas o dispositivo de freios antitravamento das rodas, mais conhecido como ABS. “Em 2011, cerca de 160 mil pessoas foram vítimas de acidente de trânsito, sendo que 48% envolveu motociclistas. Além das vítimas fatais, que é o aspecto mais grave, esses acidentes custaram R$ 200 milhões aos cofres públicos. A obrigatoriedade desse sistema de freio é uma ação de grande alcance social”, observa Wilder.  Conteúdo

Wilder apoia atualização do Código de Defesa do Consumidor

postado em: Notícias | 1

Nessa terça-feira (11), senador participou de audiência que aprovou plano de trabalho para modernização do CDC

A modernização do Código de Defesa do Consumidor (CDC) trará mais segurança, clareza e credibilidade na relação entre cliente e vendedor, acredita o senador Wilder Morais (GO). De acordo com especialistas, a legislação — criada há 22 anos — precisa de atualizações urgentes, principalmente nas áreas de comércio eletrônico, superendividamento do consumidor e ações coletivas.

“O Código é, sem sombra de dúvida, uma das legislações mais importantes do Brasil, mas foi criado em 1990. De lá pra cá, o mundo evoluiu, a tecnologia avançou, assim como as relações de compra e venda”, frisou o parlamentar goiano. Nesta terça-feira (11), Wilder participou da audiência em que os senadores aprovaram o plano de trabalho da comissão que analisará as propostas de atualização do CDC.

Composto por 22 senadores, sendo 11 titulares e 11 suplentes, o colegiado foi criado para dar continuidade ao trabalho da comissão especial de juristas que se dedicou à elaboração de três projetos de lei que atualizam o CDC. Ao todo, os projetos regulamentam as compras pela internet; asseguraram prioridade e agilidade na Justiça para as ações coletivas; e ampliam a proteção contra o superendividamento.

Conteúdo

Renovação das concessões do setor de energia elétrica

postado em: Notícias | 1

[dropcap2]M[/dropcap2]embro da Comissão de Infraestrutura, o senador Wilder Morais está atento ao anúncio que o governo federal fará na terça-feira, 11, em relação à renovação das concessões do setor de energia elétrica que vencem em 2015.

O parlamentar observa que “as concessões devem priorizar a necessidade do mercado, sem deixar, portanto, de atender a população de baixa renda e as áreas de menor densidade populacional”. Ações que inibam o desperdício também são salientadas pelo senador, que frisa “a necessidade do incentivo a pesquisas direcionadas ao setor elétrico visando à busca de sustentabilidade na geração de energia”.

Defesa do consumidor

postado em: Notícias | 0

[dropcap2]O[/dropcap2] senador Wilder Morais foi indicado hoje para integrar a comissão de parlamentares que irá modernizar o Código de Defesa do Consumidor. O plano de trabalho do grupo deverá ser apresentado durante o período de esforço concentrado da Casa, que irá ocorrer entre os dias 10 e 14 de setembro. A Presidência da comissão ficou a cargo do senador Rodrigo Rollemberg.

O anteprojeto de reforma foi elaborado por uma comissão de juristas criada pela Presidência da República. Os senadores já apoiaram uma proposta do senador Cyro Miranda que permitirá aos internautas enviar sugestões por meio de um portal que ainda será criado. Entre os principais campos que a reforma deverá alcançar está o comércio eletrônico e as ações coletivas.

“É imprescindível a opinião dos brasileiros na reforma no Código de Defesa do Consumidor. Vamos realizar audiências públicas para aproximar a sociedade do debate. Além disso, o portal vai permitir que pessoas de qualquer ponto do país possam nos dizer quais problemas elas enfrentam no dia adia. Isso é a verdadeira democracia”, avaliou Wilder.

Wilder integra Comissão de Infraestrutura

postado em: Notícias | 2

Indicado hoje pelo DEM para ocupar a Comissão de Infraestrutura (CI) como membro titular, o senador Wilder Morais se diz preparado para o desafio, o qual, enfatiza, “será desempenhado com muita seriedade”. O parlamentar se julga habilitado para a tarefa, haja vista que é engenheiro civil e possui experiência no setor, pois já foi secretário de Estado de Infraestrutura de Goiás por quase dois anos. Seu partido também o indicou para integrar a Comissão de Assuntos Econômicos, mas como suplente.

Enquanto secretário de estado, participou de ações governamentais de grande importância na área de infraestrutura, sobretudo em logística rodoviária. Wilder é um defensor ardoroso do transporte ferroviário. Este modal, segundo o parlamentar, “é menos agressivo ao meio ambiente, tem custo bem menor no transporte de cargas, o que ocasiona maior competividade”.

Com indicação de Wilder Morais, Goiás passa a ter dois titulares na CI, o que para o Estado significa mais representatividade. Vale lembrar que a senadora Lúcia Vânia é quem preside essa comissão, isso de maneira muito engajada.