Mitsubishi avalia possibilidade de instalar mais uma linha de montagem em Goiás

postado em: Notícias | 0

O futuro secretário de Indústria, Comércio e Serviços de Goiás, Wilder Morais, iniciou nesta quinta-feira (7) uma maratona de visitas a indústrias instaladas no Estado. O roteiro foi iniciado na fábrica da Mitsubishi Motors, em Catalão, Região Sudeste de Goiás. Ao lado do governador Ronaldo Caiado, Wilder se reuniu com o diretor-presidente da empresa, Alfredo Sestini Filho; e o chefe de operação (COO), Robert Rittscher.

“Estamos avaliando todas as pendências junto à secretaria e ao Governo do Estado para dar as condições para que uma terceira linha de montagem seja instalada em Catalão. Isso com certeza garantirá mais investimentos e empregos”, afirmou Wilder Morais. Atualmente, a montadora representa duas marcas – Mitsubishi Motors e Suzuki.

Na semana passada, o futuro secretário já havia recebido em Goiânia o COO da empresa japonesa. Na ocasião, Robert Rittscher demonstrou interesse em expandir as atividades da multinacional em Goiás. Atualmente a Mitsubishi conta com 2.145 colaboradores em Catalão e 93% deles são moradores da cidade, segundo informações da assessoria da empresa.

Durante reunião nesta quinta-feira, Wilder Morais ouviu os planejamentos dos dirigentes da Mitsubishi. “Sou empresário, entendo e vejo as necessidades de construirmos juntos o projeto da Mitsubishi. Nós vamos olhar com carinho e dar uma resposta muito rápida para Catalão e para eles”, afirmou o futuro secretário de Indústria, Comércio e Serviços.

JOHN DEERE
Nesta quinta-feira, a comitiva do Governo Estadual também visitou a fábrica de equipamentos agrícolas da empresa John Deere, também em Catalão. Com cerca de 700 colaboradores, a planta tem duas linhas de produção em funcionamento para montagem de colhedoras de cana de açúcar e pulverizadores. Durante a visita, Wilder e o governador Ronaldo Caiado conheceram o funcionamento de uma máquina que colhe cana. O equipamento de grande porte é avaliado em mais de R$ 1 milhão.

Em paralelo à agenda de visitas aos setores produtivos do Estado, Wilder Morais afirmou que está fazendo um levantamento de todas as áreas e distritos industriais de Goiás, com espaços disponíveis e entraves. “Dentro de pouco tempo a secretaria dará uma resposta em todos esses distritos industriais do Estado”, disse.