O trabalho é remédio para muitos males

postado em: Notícias | 0

Artigo publicado pelo jornal Diário da Manhã — 26 de abril de 2017

Ailton Martins de Oliveira

Ao me candidatar a prefeito de Urutaí, eu estava consciente dos problemas de ordens diversas vividas pelo município. Tenho comigo uma filosofia de vida: de não me fixar nos problemas, mas sim nas soluções. E é isso que tenho feito prazerosamente. Trabalhar para mim é um santo remédio, pois “o trabalho”, conforme disse o filósofo francês iluminista Voltaire, “nos poupa de três grandes males: tédio, vício e necessidade”.

Enquanto governo de Urutaí, não me faltará empenho para realizar uma administração eficiente no município. O que, vale dizer, não passará de cumprimento de obrigação de minha parte, visto que fui escolhido como prefeito para justamente promover uma gestão criativa, que promova desenvolvimento à cidade.

Nesse sentido, estou buscando obras junto ao governo do Estado, seja buscando emendas junto aos parlamentares federais. Isso porque apenas os recursos que vêm do Estado e da União são insuficientes para se arcar com as muitas responsabilidades que recaem sobre os municípios, principalmente os que não possuem receita própria. O senador Wilder Morais é um desses parlamentares. Já estive com ele em seu gabinete em Brasília algumas vezes e esse apoio já está fechado.

É contagiante o clima de trabalho que reina em seu gabinete. E sua atenção para com os prefeitos é uma só, não se percebe em seu gabinete a observação da cor partidária dos prefeitos para atendê-los com emendas ou acompanhá-los em demandas nos ministérios. Interessante que Wilder atua diretamente como senador, seja destinando emendas às prefeituras e acompanhando os prefeitos em reuniões nos ministérios, e indiretamente: atuando na viabilização de verbas do governo federal para o Estado de Goiás. Cabe citar, por exemplo, o seu empenho junto ao presidente da Caixa Econômica Federal, Gilberto Occhi, na liberação de recursos para se construir 30 mil moradias em municípios goianos.

Wilder é um parlamentar dinâmico. Minha história de vida assemelha-se bastante em alguns aspectos com a dele, que atualmente presidente estadual do Partido Progressista. Partido este que fez parte da coligação “Juntos por Urutaí” pela qual me elegi a prefeito do município de Urutaí com 61.53% dos votos. E mais: meu vice, Geovany dos Reis Pires, é membro do Partido Progressista, e tem me auxiliado muito na administração.

Essa semelhança está essencialmente na sua origem simples. Está no fato de ele, espremido pela situação difícil da família, ter começado a trabalhar muito cedo na vida como braçal de roça e ter buscado na educação a ferramenta para transformar sua vida.

Enquanto Wilder é filho de um lavrador e uma costureira, eu sou filho de um vaqueiro e uma cozinheira. A educação, como ferramenta transformadora, possibilitou a ele e a mim nos tornarmos respectivamente engenheiro civil e odontólogo. Ambos nos tornamos empresários na área de nossa formação acadêmica. Ambos estamos na vida pública. Ambos honrando a função pública.

Ailton Martins de Oliveira é empresário e prefeito de Urutaí.

Eu ando com o senador Wilder

postado em: Notícias | 0

Artigo publicado no jornal Diário da Manhã — 16 de abril de 2017


Eric de Melo Silveira

Há um provérbio muito valioso em seu ensinamento, frequentemente usado por aí e equivocadamente atribuído como conteúdo da Bíblia, que diz o seguinte: “Diga com quem tu andas, e eu te direi quem és”. Na verdade, o que realmente consta na Bíblia com certa semelhança de significado está em Provérbios 13:20: “Quem anda com os sábios será sábio; mas o companheiro dos tolos sofre aflição”.

Ao citar tais coisas, quero com isso destacar que tenho orgulho de dizer que “ando” com o senador Wilder Morais. Ele é um parlamentar sério, não é de fazer malabarismos verbais para atrair os holofotes da mídia. É um senador de ações. E estas, quem convive com ele sabe muito bem, são guiadas pelo bom senso. Fato que lhe atribui a qualidade imprescindível a um político que está na vida pública movido pelos interesses da coletividade e não pelos seus. Vale ressaltar algo que o próprio Wilder diz nas palestras que ministra em faculdades de diversos municípios, em que discorre sobre o poder transformador da educação em sua vida: “Não entrei para a vida pública para buscar benefícios pessoais; minha vida pessoal já está bem resolvida”.

Não corro o risco de sofrer “aflição” por andar com o senador Wilder, pois ele, enquanto pessoa e político, é um sábio. Prova explícita de sua sabedoria pode ser encontrada em sua história de vida, que é marcada por muita determinação. Seu gesto de abandonar a vida sofrida de trabalhador da roça em Taquaral de Goiás, sua cidade natal, para estudar e se formar em engenharia civil e se tornar o empresário bem-sucedido da área de construção civil que é hoje mostra que suas ações foram guiadas pela sabedoria. Para chegar ao sucesso empresarial, Wilder também teve de andar com pessoas sábias. As boas relações nos melhoram enquanto pessoa e enquanto profissional.

Tenho orgulho de pertencer a uma sigla partidária cujo nome é Partido Progressista e que por ela fui eleito a prefeito em Piranhas com 4.010 votos. Esse orgulho também está relacionado ao fato de eu ter a honra de ser o presidente do Partido Progressista Jovem. Isso a convite do senador Wilder. Assumi o cargo em grande evento promovido por ele, que teve a participação de 2.500 pessoas. Entre estas, três senadores progressistas (Ana Amélia – RS, Ciro Nogueira – PI, e Wilder Morais), um do PSD (José Medeiros – MT) e outro do PMDB (Hélio José – DF), como também vários deputados federais e estaduais, 151 prefeitos e centenas de lideranças políticas de diversas regiões do Estado de Goiás.

Enquanto presidente do Partido Progressista Jovem, vou me empenhar o máximo possível no sentido de sensibilizar os jovens para a importância do engajamento deles na vida política de seu município, seu estado e seu país. O descontentamento de grande parte dos jovens para com os políticos não se resolve com o afastamento deles das questões políticas. Pelo contrário. Afinal, não há outro caminho a não ser pela via da política para mudar a realidade das pessoas. O problema não está na política em si, mas nas más escolhas dos políticos para exercê-la. A boa escolha envolve uma participação mais intensa, mais sábia.

Eric de Melo Silveira é presidente do Partido Progressista Jovem e prefeito de Piranhas.